Você conhece alguém que sofre com depressão?

de qualquer maneira, julgamento dos outros,

 Você conhece alguém que sofre com depressão?

Pesquisas recentes descobriram uma relação entre a depressão crescente em jovens e o aumento do uso de redes sociais. Anthony Robinson, assistente de pesquisa do departamento de psicologia da Universidade do Estado do Texas, explica que aqueles que sofrem de depressão são mais propícios a se comparar com pessoas que parecem estar melhor do que eles nas redes sociais.

Ele acrescentou que aqueles que postam nas redes sociais tomam muito cuidado em retratar-se positivamente, mas isso não é necessariamente verdade. “Ao fazer comparações com base nessa imagem inflada que está sendo criada, as pessoas podem acabar se sentindo inferiores às suas contrapartes”, disse Robinson.

A pesquisa também mostrou que a depressão pode ser agravada se um paciente é marcado em uma imagem desfavorável à sua aparênci. Eles também são menos propícios a postar fotos de si mesmos com outras pessoas e são mais cuidadosos com o que postam, a fim de evitar o julgamento dos outros. Durante a pesquisa, pessoas com sintomas de depressão exibiram sono excessivo, sentimentos de desesperança ou culpa, ou perda de prazer nas coisas que costumavam desfrutar. Das 504 pessoas estudadas, 16% apresentaram sinais de depressão. De acordo com o Instituto Nacional de Saúde Mental dos EUA (2016), jovens adultos com idade entre 18 e 25 anos têm maior probabilidade de apresentar depressão, a uma taxa próxima a 11%.

No entanto, como a pesquisa era apenas observacional, não é possível saber se as pessoas ficam deprimidas por causa das redes sociais ou se elas as usam para se socializar por já estarem sozinhas na maior parte do tempo.

De qualquer maneira, é evidente que todos os aspectos da vida das pessoas estão envolvidos nas redes sociais. Todo grande evento tem que ser compartilhado e comentado; às vezes até as pequenas coisas são exibidas para o mundo ver. Até mesmo o número de celebridades que confessam sofrer de depressão aumentou. Através das redes sociais, nos deparamos com constantes exposições, que podem nos abrir para todos os tipos de influências – boas e más. A ciência também vinculou a depressão e a ansiedade a riscos maiores de desenvolver outros problemas importantes de saúde.

 

 

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário