Com quem você tem andado?

Ensinamentos de Deus, Escola da Fé, escritora Cristiane Cardoso,

amizade siteAs amizades são capazes de influenciar as decisões de uma pessoa, para o bem ou para o mal. Certamente, se você caminhar ao lado de alguém que reclama demasiadamente e só tem olhos para as situações negativas e tudo o que acontece de ruim, será contaminado pela mesma negatividade e sentirá os mesmos sintomas. Por outro lado, se andar com alguém que professa a fé no Senhor Jesus e age de acordo com os ensinamentos de Deus, seguramente você estará fortalecido.

A Bíblia diz:

“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.” Salmos 1.1

Com base no versículo acima, a colunista Núbia Siqueira, em postagem no blog oficial da escritora Cristiane Cardoso, explicou que quem deseja ser íntegro deve se atentar à sua conduta, principalmente no que diz respeito à escolha das suas amizades. Segundo ela, os verbos andar, deter e assentar são usados para revelar os diferentes graus de intimidade nos nossos relacionamentos.

Cada um dos verbos

“Andar significa um envolvimento mais casual com aqueles que não mantêm sintonia com Deus. São amigos mais distantes, que promovem desejos e pensamentos que contrariam a saúde espiritual”, explica Núbia.

De acordo com a colunista, o verbo deter remete a um nível de comunhão mais estreito com pessoas que declaradamente são infiéis, injuriosas e rebeldes à Palavra. “Elas estão em toda parte, por isso sempre cruzarão o nosso caminho, exigindo da nossa parte a decisão de nos estabelecermos ao seu lado ou não.”

Núbia ainda explica que se assentar implica em estar totalmente à vontade no meio dos injustos e zombadores do Evangelho. Esse envolvimento se torna tão perigoso que as palavras e ideias do mal são absorvidas e incorporadas, de modo que torna o homem bom em um obstinado ao erro, igual a seu “amigo”.

O pecado é algo progressivo. “Um ato que, por mais inofensivo que seja, tende a levar a outro, até que a pessoa esteja sofrendo atolada em meio aos erros. Assim, além de perder a alegria que a carreira da fé proporciona, essa pessoa torna-se também cúmplice e devedora das más ações dos outros. Pense nisso”, alerta Núbia.

Se você quer saber mais sobre amizades e se aproximar de Deus, participe de nossa reunião da Escola da Fé, que acontece todas as quartas-feiras, no seu Centro de Ajuda local.

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário