Você tem o costume de falar mal de alguém?

God, homens de Deus, mulher de Deus,

 

04“Foram, pois, Davi e Abisai de noite ao povo, e eis que Saul estava deitado dormindo dentro do lugar dos carros, e a sua lança estava fincada na terra à sua cabeceira; e Abner e o povo deitavam-se ao redor dele. Então disse Abisai a Davi: Deus te entregou hoje nas mãos o teu inimigo; deixa-me, pois, agora encravá-lo com a lança de uma vez na terra, e não o ferirei segunda vez. E disse Davi a Abisai: Nenhum dano lhe faças; porque quem estendeu a sua mão contra o ungido do Senhor, e ficou inocente?” 1 Samuel 26.7-9

Esse trecho da Bíblia retrata o momento em que Davi era caçado por Saul, que estava furioso por ter sido rejeitado por Deus e saber que o jovem guerreiro o substituiria. Enquanto o rei e seu exército dormiam, Davi estava diante da oportunidade perfeita para matá-lo e assumir a posição que Deus havia prometido. Mas, mesmo assim, ele teve temor (profundo respeito) e não ousou feri-lo.

Hoje em dia é muito comum tecer comentários a respeito das pessoas, principalmente nas redes sociais. E se fazer fofoca ou falar mal de alguém já é algo negativo, a situação piora quando essa pessoa é um homem ou mulher de Deus – um ungido do Senhor. E entenda que para sê-lo não é preciso ter um título, mas receber o Seu Espírito para abençoar e salvar almas.

Quando você fala mal de alguém nessa situação, o faz contra o próprio Deus, já que Ele o escolheu. Além disso, sobre o servo pesa uma grande responsabilidade: a de prestar contas do cuidado com o povo de Deus. Ainda que erre ou faça algo indevido, não temos o direito de julgar ou ofendê-lo por isso, mas orar, pedindo que Deus o ajude a mudar.

 A escritora Núbia Siqueira já abordou o assunto no site de Cristiane Cardoso e explica: “Vejo pessoas intituladas ‘evangélicas’ tão sem temor e mal-educadas em suas colocações, principalmente contra homens de Deus. Quando você achar o seu pastor (por exemplo) ineficiente em alguma coisa – pois afinal todos somos –, que tal orar por ele? Porque, com certeza, ele ora mais por você (pelo povo) do que por si mesmo. Antes de falar mal ou zombar de um pastor (ou qualquer homem ou mulher de Deus), que tal pensar nisso?”

Gostou? Então compartilha:

Related Post

Deixe um comentário