Que tipo de receptor você tem sido?

Um dia desses iniciei um dos nossos programas de TV ao vivo e, depois de ter conversado com algumas pessoas durante alguns minutos, fui informado pela nossa equipe técnica que o meu microfone não estava ligado. Sim, eu tinha esquecido de fazê-lo!

Durante esse curto espaço de tempo, os telespectadores viam meus lábios se movendo, mas não conseguiam ouvir uma só palavra do que eu estava dizendo.

O equipamento no estúdio estava ligado e funcionando corretamente, a TV dos telespectadores provavelmente também, mas o transmissor do meu microfone estava desligado. Como alguém poderia ouvir a mensagem? Era impossível, certo?

Bem, da mesma forma, muitas pessoas vêm sofrendo em suas vidas porque não encontraram um bom transmissor, que lhes envie mensagens de inspiração e forças para que tenham uma nova vida. Mas tenho a certeza de que este não é o seu caso.

Se você está lendo esta mensagem agora é porque já deve ter participado de uma de nossas reuniões na Igreja ou, pelo menos, tem lido esta revista, que também é cheia de mensagens de fé e de histórias de vida. Ou se nenhum desses exemplos se aplica à você, espero que pelo menos tenha uma Bíblia, que é a Palavra de Deus o melhor transmissor de todos os tempos!

Mas agora eu vou aproveitar este momento para lhe fazer uma pergunta: Que tipo de receptor você tem sido?

Para que o poder de Deus venha se manifestar na vida de uma pessoa, deve haver um transmissor e um receptor, e você supostamente é o receptor.

Você tem recebido a Palavra de Deus com uma fé pura? 

Você olha para os transmissores que Deus usa (Seus servos) com maus olhos?

Você duvida que as Suas promessas irão se manifestar em sua vida?

Você acha que estas promessas são para todos, menos para si mesmo?

Ao responder estas perguntas, você pode encontrar a razão pela qual algumas de suas orações podem não ter sido respondidas ainda.

Somos todos receptores, mas é claro, cabe a nós decidir o que queremos receber. Podemos dar ouvidos (receber) a voz de Deus, ou podemos dar ouvidos à voz do diabo (dúvidas, medos, preocupações, complexos, traumas, mágoas do passado… e a lista continua!)

Torne-se um bom receptor e a transmissão será perfeita!

Deixo aqui algo para você meditar:  “Ninguém pode fazer você se sentir inferior sem o seu consentimento.

Deus os abençoe!

Bispo Celso Junior
bpcelsojunior.com
bishop@uckg.org

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário