Quanto custa um milagre?

dinheiro para pagar, exatamente perfeito, para si mesma,

“Meu pai disse que só um milagre pode salvar o meu irmão agora. . . Então, quanto custa um milagre?”

Sally tinha apenas oito anos quando ela ouviu sua mãe e seu pai conversando sobre seu irmãozinho, Georgi. Ele estava muito doente, e eles já tinham feito tudo o que podiam para salvar sua vida. Somente uma intervenção cirúrgica, muito cara, poderia ajudá-lo agora. . . o que estava fora de cogitação, financeiramente falando. Sally ouviu seu pai dizer num sussurro desesperado, “Somente um milagre poderá salvá-lo agora.”

Sally foi para o quarto e puxou o seu cofrinho de dentro do esconderijo. Sacudiu todo o dinheiro no chão e contou-o cuidadosamente. Três vezes. O total tinha que ser exatamente perfeito. Não havia margem para erros. Amarrando as moedas em um lenço, ela saiu do apartamento e foi até a farmácia da esquina.

Sally esperou pacientemente que o farmacêutico lhe desse atenção. . . mas ele estava muito ocupado conversando com outro homem para ser incomodado por uma menina  de oito anos de idade. Sally torceu o pé para fazer barulho, limpou a garganta e nada! Com pressa, ela bateu com as moedas no balcão, o que fez com que finalmente o farmacêutico prestasse atenção nela.

“E o que você quer?” perguntou ele com uma voz aborrecida.
“Bem, eu quero falar com o senhor sobre meu irmão”, Sally
respondeu no mesmo tom aborrecido. “Ele está doente… E eu quero comprar um milagre.”

“Não entendi”, disse o farmacêutico.
“Meu pai disse que só um milagre poderá salvá-lo… Então, quanto custa um miracle?”

“Não vendemos milagres aqui, garotinha. Eu não posso te ajudar.”

“Escute, eu tenho o dinheiro para pagar por isso. Diga-me quanto custa.”

O homem bem vestido, abaixou-se e perguntou: “Que tipo de milagre seu irmão precisa?”

“Eu não sei”, respondeu Sally. Uma lágrima começou a rolar pela sua face. “Só sei que ele está muito mal e minha mãe disse que ele precisa de uma operação. Mas os meus pais não podem pagar por ela… Então eu tenho o meu dinheiro.

“Quanto você tem?” perguntou o homem bem vestido.

“Uma libra e onze centavos”, Sally respondeu com orgulho. “E é todo o dinheiro que tenho no mundo.”

“Puxa, que coincidência”, sorriu o homem bem vestido. Uma libra e onze centavos. . . Exatamente o preço de um milagre para salvar um irmão mais novo. Ele pegou o dinheiro em uma mão e com a outra mão agarrou sua luva e disse: “Leve-me onde você mora. Quero ver seu irmão e conhecer seus pais.”

Aquele homem bem vestido era o Dr. Carlton Armstrong, um cirurgião de renome, especializado em doenças como a de Georgi. A operação foi concluída sem ser cobrado nada e não demorou muito até que Georgi voltasse para casa e se recuperasse bem. O pai e a mãe de Sally comentavam alegremente sobre tudo de bom que havia acontecido.

“Essa cirurgia”, murmurou a mãe. “É como um milagre. Gostaria de saber quanto teria nos custado?

Sally sorriu para si mesma. Ela sabia exatamente quanto custava um milagre… uma libra e onze centavos… mais FÉ.

Autor desconhecido

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário