O Início De Tudo

Jardim do Éden, lado a lado, um dia poder dizer,

cc-inFoi no Jardim do Éden que tudo começou. Nosso corpo foi feito do pó da terra, e recebemos tanto uma alma vivente quanto um espírito:

“Façamos o homem à Nossa imagem, conforme Nossa semelhança…” Gn 1:27

E naquele paraíso, tínhamos a Árvore da Vida. Qualquer coisa que acontecesse com o nosso corpo, era só comer dela e éramos curados. O plano original era que vivêssemos eternamente. Éramos puros e andávamos lado a lado com Deus, que também nos havia dado todo poder sobre a Terra. Os animais eram nossos amigos e toda natureza nos obedecia.

Só que havia uma outra árvore no meio do Éden. A árvore do conhecimento do bem e do mal. Deus a colocou lá porque não fomos criados como robôs; sempre tivemos o direito de escolha – embora, na maioria das vezes, NÃO SAIBAMOS USAR ESSE DIREITO! Deus preveniu Adão e Eva logo no início:

“De toda a árvore do jardim, poderás comer; mas, da árvore do conhecimento do bem e do mal, não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” Gn 2:16,17

E como você já deve saber, o ser humano não ficou satisfeito com todo aquele paraíso e poder. Eva, nossa querida mãe Evinha, que gostaríamos de conhecer quando chegássemos lá no céu e agradecer pessoalmente pela maior perda da história da humanidade – foi quem deu o primeiro passo – que mancada, hein mulher?!!

Até então nossa trindade andava em harmonia perfeita. Qualquer coisa que acontecesse com o nosso corpo, era só comer da Árvore da Vida, e pronto. Nossa alma se sujeitava ao nosso espírito, ou seja, nossos sentimentos se sujeitavam à nossa mente, ao nosso intelecto, que se sujeitava à verdadeira razão de estarmos aqui: para honrarmos Aquele que nos criou à Sua semelhança. Você que é mãe sabe como é. Você tem um filho e todo o trabalho que tem para criá-lo é por um só objetivo: conquistar a honra de mãe. De um dia poder dizer: “Esse é o meu filho de quem eu me orgulho muito!” Só que nem sempre é assim… e Deus sabe muito bem como é…

Toda a natureza se revoltou contra o homem por causa disso, e eu entendo perfeitamente. Eu, que sou um ser humano, me revolto só de lembrar!!!!

Quando Adão e Eva desobedeceram as instruções de Deus sobre aquela árvore e comeram dela, toda aquela harmonia e pureza se foi, e o mal, que até então não tinha poder sobre o homem, pôde deitar e rolar… Agora adivinhe só qual dos três teve culpa no cartório: o corpo, a alma, ou o espírito? Qual deles levou Eva a dar ouvidos à serpente e duvidar do que Deus havia dito, e mais tarde manipular o seu marido a comer daquela maldita árvore? Qual deles levou Adão a se deixar ser manipulado por Eva? Hmm… vamos ver:

  • O corpo coitado, faz o que a gente manda – inocente.
  • O espírito é o pedacinho de Deus em nós, o perfeito raciocínio – seria impossível cair nessa história.
  • A alma… ah, a alma… duvidou do que Deus havia dito, ficou curiosa com as palavras da serpente, cobiçou o conhecimento maior, desejou ser igual a Deus, e desobedeceu. A alma não quis se submeter ao espírito por nenhum momento sequer, e… perdemos tudo num só momento.

Deus teve que removê-los do Jardim do Éden imediatamente antes que tomassem da Árvore da Vida e levassem aquela maldade, que não teria fim, pela eternidade. Imagine você que tipo de mundo seria esse se os maldosos permanecessem eternamente?

A primeira coisa que aconteceu quando Adão e Eva tomaram conhecimento do bem e do mal foi que viram suas diferenças. Houve separação entre homem e mulher. Ali nasceu toda a desigualdade, o preconceito e a discriminação do mundo. Depois, com o assassinato de Abel por parte de Caim seu irmão, filhos do casal, nasceu o ódio, a inveja, a mágoa, a culpa, e por aí vai. Ao ponto do homem se afastar de Deus completamente. Era tanta maldade no mundo que nem mais reconheciam de onde vinham! Leia só o livro de Gênesis. Injustiça gera injustiça, não merece eternidade.

O ser humano perdeu a semelhança com o Pai.

Já houve estudos confirmando que o nosso corpo é para durar eternamente mas não sabem por que cargas d’água ele envelhece. Eu sei o porquê. Se com os poucos anos que temos, já é difícil manter nosso coração no controle do nosso espírito, imagine eternamente? Eu, hein! Eu não vejo a hora de estar com o Pai!

A nossa luta contra o coração maligno, que depois do Éden se tornou o nosso inimigo número um, é constante, é diária, e poucos sabem disso. Por isso, o mundo vive no mal e só vai piorando. Precisamos fortalecer nosso espírito para não ser mais um fruto dessa maldição…

Jesus veio para nos salvar dela e deixar o Seu Espírito para ajudar o nosso espírito a ser mais forte que o nosso coração.

Nessa sexta-feira, falaremos mais a respeito.

P.S. Só uma pequena observação: foi a serpente que falou com Eva. Sinceramente, O QUE ELA TINHA NA CABEÇA para estar andando com um animal tão manipulador e sedutor, com tantos outros animais fortes, bonitos e fofinhos no Jardim? Já dá para ver por que o espírito dela não estava tão forte quanto deveria – olha que tipo de amizade Eva tinha!

Cristiane Cardoso | cristianecardoso.com

Gostou? Então compartilha:

ONE Comentários

  • Reply

    Marcilene Lopes

    24th October 2014

    Realmente temos que, a cada dia, que nos aproximarmos de Deus, ligados com Ele e sempre contra o sentimento. E é esta força, que vem de Deus, que nos faz permanecer.

  • Deixe um comentário