Enxergar através da escuridão

lista de problemas, uma relação harmoniosa,

Cheguei à igreja cheia de preconceitos, porque tinha ouvido falar muitas coisas negativas sobre a mesma. Mesmo sem nunca ter pisado lá, acreditava em tudo que havia saído nos jornais.

Se não fosse pela minha sogra (no momento, a mãe do meu namorado) eu nunca teria ido até lá. Parece incrível, mas naquela época eu realmente acreditava que não tinha problemas. Como isso podia ser possível? Não ter problemas e ainda assim se sentir infeliz? A lista de problemas era longa, mas estavam todos dentro de mim e eu não conseguia vê-los. Estavam escondidos na escuridão …

• Ressentimentos, raiva, tristeza. Pessoas que eu não podia e não queria perdoar.

• Raiva com relação a minha mãe. Eu a odiava.

• Medo do futuro, muita insegurança. Eu só queria pensar no aqui e agora.

• “Eu nunca vou me casar!” Eu dizia isso porque não queria viver no “inferno”.

• “Homens fiéis não existem, por isso, antes que algum me traia, eu vou fazer isso com ele.”

Devido a esses pensamentos, nenhum dos meus relacionamentos foram bem sucedidos. Mas esses não eram problemas aparentes. Eu não estava passando fome. Eu não estava doente numa cama de hospital. No entanto, eu era tão miserável e doente como todos aqueles que estavam …

Foram necessárias muitas reuniões e muitas orações até que eu pudesse ver tudo isso e entender a razão pela qual eu não ser feliz. Hoje eu sei o significado da palavra felicidade.

• Não tenho tristeza no meu coração.

• Aprendi a amar, respeitar e valorizar  minha mãe.

• Não temo o futuro, porque tenho a certeza de para onde estou indo.

• Me casei! E não vivo no inferno. Em vez disso desfruto de uma relação harmoniosa e cheia de amor.

• Homens fiéis existem – os que temem a Deus. Se há medo do senhor, então há fidelidade.

Por isso, minha vida está no altar. É por isso que desisti de tudo. Onde quer que Deus nos envie, nós iremos. Minha razão de viver é ajudar as pessoas a verem os seus problemas e ensiná-las a superá-los. E você, você quer ser feliz? Comece por aprender a ver através da escuridão.

 

Nanda Bezerra

nandabezerra.com

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário