4 frases perfeitas para destruir o seu casamento

busca a Deus, fruto de trabalho, Terapia do Amor,

 

outSe você já disse ou ouviu alguma delas do seu cônjuge, cuidado

Pensar antes de falar é uma habilidade rara. Quem afirma isso é o palestrante Renato Cardoso, autor do livro “Casamento Blindado”.

De acordo com ele, muitas pessoas falam o que vem à mente antes de raciocinar sobre as feridas que essas palavras podem acarretar. Deixam-se guiar por emoções momentâneas e se esquecem de usar a razão para agir.

“Por que falamos sem pensar nas consequências? ” – questiona Renato. E ele mesmo responde: “Porque estamos frustrados por alguma coisa. Porque sentimos raiva. Porque queremos preencher o vazio. Porque queremos ser engraçados. Porque queremos chamar atenção. Porque queremos dar o troco. Porque queremos tirar uma reação da outra pessoa. Porque somos pobres na comunicação. Porque, na verdade, somos egoístas.”

Infelizmente, nos momentos mais acalorados de uma discussão, alguns casais costumam dizer coisas que vão, aos poucos, matando o amor que existe (ou já existiu) entre marido e mulher.

Veja abaixo 4 exemplos de frases que devem ser evitadas no casamento:

1. Casar com você foi um erro!

Muitos agem como se estivessem num conto de fadas. Casam-se acreditando que o “final feliz” vem logo a seguir. Mas a realidade não é assim. Renato Cardoso nos lembra de que vida amorosa feliz, pura e simplesmente, é fruto de trabalho. “Casamento feliz é possível e muito bom, mas dá trabalho. Não é fruto do acaso. Não é automático.”

Portanto, ao afirmar que o erro foi casar, você está se esquivando da responsabilidade de trabalhar diariamente pelo bem do relacionamento.

2. Eu não preciso de você!

A Bíblia afirma que após o casamento “não são mais dois, mas uma só carne” (Mateus 19.6). Dizer que não precisa do outro passa, então, a ser uma inverdade, que faz muito mal para quem escuta.

3. Sinto mais paz no trabalho do que aqui em casa com você!

Se isso é verdade, é necessário conversar seriamente a respeito, ao invés de trocar acusações e palavras mordazes. O lar deve ser harmonioso, e isso só é possível quando as duas pessoas refletem sobre as suas atitudes e se dedicam uma à outra.

“Muda isso, deixa de ser egoísta naquilo, reconhece que precisa mudar aqui, faz um esforço para ser diferente ali, usa a inteligência acima da emoção, busca a Deus, mas faz a sua parte também.” Para Renato, é assim que um casamento dá certo.

4. Você é burro!

O bispo Edir Macedo afirma: “Se o sujeito ama uma pessoa, mas não a respeita, esse amor não existe, é mentiroso. Então, como a gente pode dizer que ama a Deus, respeita, segue na sua Palavra, e desrespeita a pessoa com quem a gente convive?” Ofensas destroem o amor.

Caso essas frases façam parte do seu cotidiano, está na hora de refletir sobre o caminho que o seu casamento está trilhando. Deixar-se guiar pela emoção do momento é muito prejudicial.

“Pensar mais nos outros, menos em nós, e praticar o domínio de nossas emoções é essencial”, afirma Renato.

Quer saber como fazer isso acontecer? Participe da Terapia do Amor, todos os sábados, a partir das 19h, na Universal.

Gostou? Então compartilha:

Related Post

Deixe um comentário