Veja os ensinamentos da escritora Ester Bezerra para ser feliz no amor

bispo Edir Macedo, parceria de Deus,

Esposa do bispo Edir Macedo participou da Terapia do Amor para a Bênção Hereditária

Abre - KOC_6351.300x200“Se vemos que filhos foram amaldiçoados por causa dos pais, por que a bênção hereditária, vinda de Deus, não pode entrar na vida de uma pessoa?” A indagação foi do pastor Thiago Nobre a todos os presentes na Terapia do Amor para a Bênção Hereditária desta quinta-feira (27), que contou com a presença da escritora Ester Bezerra, esposa do bispo Edir Macedo.

Muitas pessoas já ouviram de pai ou mãe frases que falam do fracasso das relações a dois, afirmando que se o casamento deles não deu certo, o dos filhos também não dará, por exemplo. E muitos dos reflexos que vemos na vida sentimental das pessoas são mesmo de maldições que passam de pai para filho, conhecidas como “maldições hereditárias”. Porém, com o objetivo de orientar a todos os casados e solteiros sobre como conquistar um relacionamento feliz, Ester Bezerra ministrou a bênção hereditária na vida de todos.

“Eu sou uma testemunha da bênção hereditária. Meu avô passou para a minha mãe, ela passou para mim, eu passei para as minhas filhas e hoje vou passar para vocês. Todos aqui são privilegiados por terem dado ouvidos à voz do Espírito Santo para aprenderem isso.”

Ela começou explicando o motivo de muitas mulheres sofrerem tanto nos relacionamentos. “No mundo de hoje, vivemos em uma sociedade em que as mulheres não conhecem mais a palavra ‘discrição’. Você pode ver a criação da sua avó, da sua mãe, que são completamente diferentes das criações que vemos nas mulheres de hoje, porque elas não se valorizam mais. Elas gostam de mostrar o visual, de se mostrar sensual, e, no primeiro encontro, já ‘ficam’ com o rapaz, e assim perdem a essência que Deus planejou para a mulher, que é a discrição. Tenho certeza de que nenhum homem de bom caráter quer ter um relacionamento com uma mulher assim”, destacou.

Já para os homens, a dica foi que a principal característica que eles devem desenvolver é a longanimidade, ou seja, serem mais pacientes com as mulheres, mais generosos e bondosos. Além disso, segundo a escritora, é importante conhecer melhor a pessoa com quem se deseja ter um relacionamento. “Não entre com os olhos fechados em uma relação. Aprofunde-se em conhecer a pessoa, porque você vai entregar a sua vida para ela. Conte também com a parceria de Deus. Ele fica feliz quando você diz ‘o Senhor sabe o que é melhor para mim’, ‘eu não sei escolher’, ‘quero fazer a Sua vontade.’”

Ao final do encontro, Ester Bezerra realizou uma oração por todos os solteiros, para que recebessem a bênção hereditária e para que pedissem a Deus que lhes ajude a encontrar o parceiro ideal.

A terapia que dá certo

KOC_6461.300x200Para o casal (foto ao lado) Robson Porillo, de 34 anos, e Betina Farias, de 30, a reunião da Terapia do Amor é algo que não pode faltar na vida de casados e solteiros. “Nos conhecemos aqui, há 7 meses. Eu cheguei de um relacionamento destruído, no qual era noivo. Então, eu me tratei, busquei a minha cura, depois, quando eu já estava bem, a conheci”, recorda.

Para Betina, foi algo inesperado. “Foi num momento em que eu não imaginava conhecer alguém. Nós conversarmos durante 2 meses, então, quando tivemos a certeza, firmamos o namoro no altar.”

O casal tem absorvido muitas dicas importantes na Terapia do Amor, e concorda que se muitos adquirissem esse conhecimento, teriam uma vida sentimental plena. “Eu aprendi que primeiro devo me tornar a pessoa adequada, para depois encontrar a pessoa adequada. Mas percebo que muitos fazem o contrário”, ressalta Robson, que dá uma dica para os casais: “Eles devem procurar juntos a direção para os problemas do cotidiano. Muitos casais enfrentam desavenças diárias e, se não buscarem a solução para isso na Terapia do Amor, com certeza, essas diferenças se tornarão o começo de uma separação.”

As reuniões da bênção hereditária continuam no próximo dia 10 de abril, com a presença da escritora e apresentadora Cristiane Cardoso. No dia 17 de abril é a vez do escritor e apresentador Renato Cardoso.

[nggallery id=99]

Gostou? Então compartilha: