Universal leva 25 mil mulheres às ruas na África do Sul

evangelização da Igreja, mostrando que Deus,

02Na manhã de 9 de agosto, 25 mil mulheres marcharam em Soweto, na África do Sul, em silêncio. O objetivo da caminhada foi mostrar a força que a mulher possui em si e, principalmente, lembrar a cada uma que usar essa força depende exclusivamente delas.

Lideradas por Márcia Pires, coordenadora do grupo Woman in Action (Mulheres em Ação), da Universal, as sul-africanas mantiveram absoluto silêncio durante 1 hora e 20 minutos, até chegarem ao local da reunião que seria realizada por Márcia e seu esposo, o bispo Marcelo Pires, responsável pela evangelização da Igreja no país.

A data escolhida para o evento foi o Dia das Mulheres local (Woman’s Day). Mais do que uma celebração ao gênero, o 9 de agosto no país mantém viva a memória de uma das datas mais importantes da história sul-africana.

“Esse é um feriado nacional que relembra o ocorrido em 1956, quando 20 mil mulheres desafiaram as leis do apartheid e marcharam em silêncio a Pretoria, capital do país, pedindo permissão para trabalho e protestando contra as iniquidades raciais”, conta Márcia. “Foi um marco para o fim do apartheid na África do Sul.”

Como há 60 anos, na marcha do último dia 9 as mulheres deram ouvidos à voz que clama dentro de cada uma por liberdade, respeito, mudanças, a fim de que a vida delas melhore. No silêncio revelou-se a identidade, as opiniões, os planos e os sonhos de cada uma, como relata Márcia:

“A voz que nos encoraja é a voz de Deus, mas tem sido sufocada pela voz do medo, das dúvidas, dos complexos, da crítica à nossa volta. E, nessa oportunidade, em silêncio, resgatamos o nosso propósito, planos e sonhos. Finalizamos mostrando que Deus não somente desperta em nós o querer, mas também nos dá os meios para alcançarmos as mudanças, pois assim O glorificamos.”

Luta pela mulher

Durante a reunião, dois versículos bíblicos foram destacados: “Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus” (2 Coríntios 3:2); e “Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade” (Filipenses 2.13).

Essas passagens, somadas à última oração, realizada pelo bispo Marcelo Pires, lembraram a todas as presentes que muito pode ser realizado por elas, desde que se apoiem na fé em Deus e permitam que Ele aja em suas vidas.

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário