Uma filha de pastor

era um problema, influenciam negativamente, obra de Deus,

O fato de eu ser uma filha de pastor torna difícil para eu ter uma vida normal na igreja. É como se não tivéssemos vida própria porque todos pensam que supostamente devemos ser perfeitos e quando descobrem que não somos, recebemos o título de “não nascidos de Deus”. Estou cansada deste preconceito. Por favor me aconselhe.

Quando eu estava crescendo, ser filha de pastor para mim não era um problema. Talvez porque naquela época, eu era uma das poucas na minha igreja… as pessoas na igreja nos amavam em sua maior parte devido ao que os nossos pais eram e para mim estava tudo bem, afinal, o que eu poderia esperar? Algumas pessoas, no entanto, gostavam de olhar para a minha irmã e eu como se fôssemos essas criaturas ingênuas que não tiveram experiência nenhuma na vida, e novamente, para mim estava tudo bem porque afinal de contas, elas estavam certas!

 

Sim, as pessoas esperavam muito de nós, mas ao invés de levar isso para o lado negativo, eu me esforçava para ser o melhor que eu pudesse… penso que isso é o mínimo que nós cristãos devemos fazer, embora saibamos que jamais seremos perfeitos.

 

Tudo depende da forma pela qual nós vemos as coisas. Se nós olhamos para as coisas de forma negativa, elas obviamente nos influenciam negativamente. Não importa como as pessoas se comportam à sua volta ou o que elas dizem a seu respeito, isso simplesmente não irá mudar quem você é. Se eu faço o meu melhor e este não é o bastante para as pessoas (o que ainda acontece hoje, por falar nisso), então o que eu posso fazer, ficar com raiva delas ou continuar fazendo-o?

 

Na verdade, os filhos de pastores são muito privilegiados, embora muitos não pensem assim. Muitas crianças adorariam ter pais de Deus, oportunidades de se mudar e conhecer lugares diferentes, e ter um pai que as pessoas admiram. Como uma filha de pastor, eu honestamente não entendo a razão de tanta raiva e frustração que alguns filhos que crescem na igreja têm, e tenho certeza de que nem eles mesmos entendem! Penso que essa é a maneira que o diabo encontrou para interromper a Obra de Deus, dando aos pastores uma dor de cabeça que eles não deveriam ter. Estes filhos não querem fazer parte do futuro da Obra de Deus e quer saber de uma coisa? Deus não precisa deles, Ele tem transformado as vidas daqueles que não tiveram um lar, uma família e um pai e os tornado homens e mulheres de Deus.

 

Apenas lembre-se: “Mas aquele a quem muito foi dado, muito será cobrado…” (Lucas 12:48)

Cristiane Cardoso
cristianecardoso.com/pt/

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário