Terremoto no México: pastores trazem detalhes

Cidade do México, diversas partes do país, graças a Deus,

terremoto mexicoNem bem os mexicanos se recuperaram do sismo do último dia 7, que deixou centenas de feridos e dezenas de mortos, quando na tarde desta terça-feira (19), um terremoto de magnitude 7,1 atingiu o centro e a capital do México, e já chega a 251 mortos, de acordo com números divulgados pelos governos locais.

O epicentro do tremor ocorreu a 57 km de profundidade, perto da cidade de Atencingo, no estado de Puebla, e pôde ser sentido na capital, Cidade do México.

Duas horas antes, a população havia saído às ruas em uma simulação para lembrar o 32º aniversário do devastador terremoto de 1985 (ocorrido exatamente no dia 19 de setembro), que deixou milhares de pessoas mortas no país.

Pouco tempo depois, as cenas se repetiram, entretanto, já não faziam mais parte da simulação: eram, sim, mais reais do que nunca, causando pânico por todos os lados.

Dezenas de prédios desabaram, centenas de pessoas saíram correndo, desesperadas, pelas ruas, outras ficaram presas nos escombros e, infelizmente, o número de mortos pode aumentar com o passar das horas. Os jogos de futebol foram adiados, milhões de pessoas estão sem luz e o caos está instalado em diversas partes do país.

terremoto mexico 2Apesar da falta de comunicação em muitos locais, o bispo Djalma Bezerra, atual coordenador do trabalho do Centro de Ajuda no México, relatou que a situação nas proximidades da sede da Igreja no País, localizada no Distrito Federal, na Cidade do México, está sob controle. “Já conversamos com todos os pastores das demais sedes estaduais e estão todos bem, graças a Deus”, disse.

O pastor Rafael Macedo também está em uma das sedes da Igreja e relatou: “o sinal da internet aqui está muito sobrecarregado, a Cidade do México está um caos, mas graças a Deus estamos bem.”

Veja no vídeo abaixo os primeiros momentos dessa tragédia exibidos durante reportagem do Jornal da Record, do dia 19.

 

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário