Ter uma atitude positiva em tempos difíceis na saúde é importante para melhorar

Betina Adjei

Pesquisadores da Mayo Clinic publicaram uma revisão em seu site após extensa pesquisa e concluíram que “a maioria dos estudos mostraram que o envolvimento religioso e a espiritualidade estão associados a melhores resultados de saúde, incluindo maior longevidade, habilidades de enfrentamento e qualidade de vida relacionada à saúde (mesmo durante a doença terminal) geram menas ansiedade, depressão e suicídio”.

O estudo da National Library of Medicine, publicado em 2012, concluiu que as pessoas que praticam uma fé costumam ser mais otimistas diante das adversidades, pois acreditam que Deus está ali para guiá-las. O Dr. Harold Koenig, da Duke University, explicou que quando as pessoas oram e pedem orientação a Deus, elas sentem que estão no controle de sua própria situação, ajudando-as a lidar com a depressão e a ansiedade.

Betina Adjei acredita que ela é um modelo viva de como a fé pode ajudar uma pessoa a superar uma crise de saúde. Adjei, que sofria de fortes dores abdominais que foi aos hospitais por três meses, explica: ‘Desenvolvi uma úlcera estomacal em 2017, que me manteve no hospital por alguns meses.

A dor foi embora e, depois disso, comecei a levar Deus e minha fé mais a sério, comecei a seguir Sua palavra. Em setembro de 2018, a dor voltou muito pior do que da primeira vez. Era tão forte que eu não conseguia nem me levantar ou andar, parecia que algo estava me corroendo por dentro.

Foi muito desanimador, mas eu nunca cedi a esse sentimento. Eu já frequentava a Universal na época, voltando-me para Deus não só motivada a continuar acreditando que podia melhorar, mas também a usar minha fé como complemento ao tratamento médico que estava recebendo.

Eu usava a água que havia sido abençoada e bebia com meus remédios e orava pedindo a intervenção divina de Deus. Assistia as reuniões determinado a recuperação. Lembro-me de orar a Deus todos os dias dizendo a Ele a razão pela qual eu não podia aceitar meu corpo doente: eu queria que Ele me usasse para ajudar outras pessoas.

Fui fazer meu último teste em outubro de 2018 e tudo deu negativo. Dentro de um mês, eu me senti livre! Acredito firmemente que minhas orações e ações de fé me ajudaram a superar essa situação difícil, porque acredito em um Deus que nunca falha.’

Você se identifica com a história de Betina? Você acredita que também poderia se beneficiar das orações e do apoio espiritual oferecidos nas reuniões do Dia da Saúde?
Se você diz sim, por que não se juntar a nós todas as terças às 7.30pm na sua Igreja Universal local.

Temos reuniões semanais todas as terças às 7.30pm (também às 10am e 12pm).

*Os conselhos espirituais da Universal devem ser vistos como um complemento ao tratamento médico que você porventura pode estar recebendo. A Universal não afirma ter o poder de curar as pessoas, mas acredita que Deus pode fazê-lo através do poder da fé.

Fontes:
https://www.forbes.com/sites/nicolefisher/2019/03/29/science-says-religion-is-good-for-your-health/
https://www.mayoclinicproceedings.org/article/S0025-6196(11)62799-7/pdf
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1380930/

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário