Socorro! A minha filha estava me manipulando

estavam muito mal, podia receber ajuda,

 

 

Socorro! A minha filha estava me manipulandoManipulação – uma questão não desconhecida para muitos pais. Fazendo-os por vezes acharem que estão a passar por testes, um “não” da mãe leva a criança a discretamente fazer o mesmo pedido ao pai.

O que está sujeito a causar divisões, e intencionalmente ou não, gera resultados negativos. Margarita Weston enfrentou um caso semelhante que a fez perceber que a sua casa não era um doce lar.

“A divisão governava a minha família. A minha filha era extremamente mimada, de tal maneira que ela mentia ao pai, pedindo-lhe uma coisa e convencia-o que eu a tinha dado permissão para o fazer!

Era só quando eu chegava a casa depois de uma longa noite de trabalho que eu percebi que as coisas estavam muito mal. Descobri que a minha filha comprava artigos caros e desnecessários, o que consequentemente provocou discussões entre mim e o meu marido.

Ao descobrir que ela mentia ao pai, decidi dar ‘basta a situação!’

Isso tinha que mudar, as coisas não podiam estar pior.

Aceitaríamos viver com medo da nossa filha? Nem pensar! Nós a amamos, mas ela precisava conhecer o seu lugar de criança, e o nosso como de pais.

Uma amiga convidou-me ao Centro de Ajuda, e foi exatamente a oportunidade que eu precisava. Ela me contou que eu podia receber ajuda em resolver as questões familiares, por isso, aproveitei a oportunidade. orei pela minha filha, fiz propósitos de fé por ela, eu fiz tudo o que estava ao meu alcance!

O desempenho não me deixou a desejar. Pouco tempo depois, vagarosamente, notei que as mudanças desenvolviam-se dentro dela. Como ela também veio para o Centro de Ajuda juntou-se ao Grupo de Jovens (VYG) ela colocou em prática tudo o que ela aprendia na sua própria vida.

Podia vê-lo através das suas ações. Ela hoje é completamente diferente! Já não mente e o seu caráter mudou. Ela é a filha que sempre esperei ter. Afinal, nenhuma mãe quer uma filha problemática. “

Margarita Weston, Nottingham

 

 

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário