Seu filho tem confiança de se abrir com você?

Criar filhos nunca foi ou será uma tarefa fácil, por isso, é extremamente vital que os pais saibam lidar com cada fase de desenvolvimento deles, especialmente, a da adolescência. Nela ocorrem grandes mudanças comportamentais e psicológicas e, sem dúvida, requer dos pais uma atenção especial.

É nessa fase de afirmação que o adolescente mais precisa do apoio e do carinho deles. No entanto, é justamente nessa etapa que os pais mais erram por não saber lidar com o temperamento rebelde e arredio do filho.

Autoridade x diálogo

Muitas vezes, ao tentarem impor a autoridade, os pais acabam criando um abismo entre o filho e eles, o que é muito perigoso. Pois, quando isso acontece, dificilmente o(a) jovem se sentirá à vontade para se abrir com os pais quando estiver com problemas.

Deus também tem autoridade sobre nós, mas não a impõe. Ele nos deixa livres para escolher o nosso caminho e, como Pai, também sofre com as nossas escolhas erradas. Porém, nunca nos rejeita.

Por isso, toda vez que o seu filho lhe trouxer uma situação ou um problema que ocorreu, seja na escola, com os amigos ou em qualquer outro lugar, escute-o com atenção. Por mais que o primeiro impulso seja brigar, corrigir: controle-se. Respire fundo e procure entender as razões, os sentimentos e ouvir o que ele tem a dizer. Não faça julgamentos, tampouco o condene. Do contrário, nunca mais ele recorrerá a você.

Seu filho precisa se sentir acolhido

Através das palestras da Escola de Mães, os pais aprendem e aproveitam a oportunidade para deixar claro que o filho pode contar com eles em qualquer situação. Se ele perceber que pode contar com o pai e com a mãe não hesitará em se abrir com eles.

“A criança e o adolescente só vão se abrir se tiverem a certeza de que serão ouvidos, acolhidos e compreendidos. Sem julgamentos”. É onde os “pais atentos procuram desenvolver um relacionamento à base de diálogos com seus filhos”.

Leia também: Atenção pais: não irritem seus filhos

Além disso, a orientação para os pais a estarem presentes na vida do filho, não só fisicamente, mas, principalmente, emocionalmente. Somente dessa maneira conseguirão identificar as mudanças de comportamento dos filhos e possíveis conflitos que estejam enfrentando.

Para o adolescente é muito importante ter o apoio dos pais e ouvir deles palavras de afirmação e afeto. Não se trata de passar a mão na cabeça, mas de mostrar ao seu filho que, independentemente do que aconteça, você sempre irá amá-lo e que ele poderá contar com você.

Aja com seu filho como Deus age com você

Alguns pais adotam uma postura extremamente rígida por acreditarem que, dessa forma, evitarão que os filhos se percam. Todavia, isso só dificulta ainda mais a relação entre pais e filhos.

É preciso corrigi-lo, sim, mas com amor, conscientizando-o do quanto ele fará mal a si próprio se continuar agindo da mesma forma.

Compare a relação dos pais com os filhos com a de Deus com o ser humano:

“É mais ou menos como Deus age conosco quando pecamos. Ele não apoia o nosso erro, mas também não nos despreza, não nos condena por causa dele. Quando vamos ao Seu encontro pedir ajuda, Ele nos acolhe e nos mostra o caminho a seguir. Você precisa usar com seus filhos a mesma misericórdia que Deus usa com você. Não é porque você teve uma criação rígida que deve dar a mesma para os seus filhos.”

Seja parceiro e amigo do seu filho

Os pais devem ser parceiros e amigos do filho. Isso não significa ser conivente com o erro dele, mas buscarem juntos uma solução para o problema.

Nessa fase tão turbulenta e cheia de conflitos o adolescente precisa se sentir amado e acolhido, e não julgado e condenado. O papel dos pais nessa fase, mais do que em qualquer outra, é orientar, aconselhar, apoiar, passar segurança, jamais impor autoridade e respeito, pois quando faz isso o efeito é oposto ao esperado.

Então, agora, tomando por base o relacionamento que você tem com seu filho, reflita e responda a si mesmo:
Se o seu filho estivesse passando por uma situação bem difícil, você acha que seria a primeira pessoa que ele pediria ajuda?

Escola de Mães

Se você é mãe e deseja aprender a vencer os desafios de criar os filhos na atualidade, participe das palestras promovidas mensalmente pela Escola de Mães. Os encontros acontecem todo segundo domingo do mês, às 16h.

Para mais informações acesse:
Facebook: @schoolformothersuk
Instagram: schoolformothers_uk

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário