Qual a diferença?

exigência da própria fé, fé sobrenatural, poder de Deus, promessa bíblica,

Para Abraão ter tido vida diferenciada precisou obedecer dia após dia; o mesmo se deu com os demais heróis da fé do passado. O Senhor dos Exércitos promete fazer-nos ver outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que O serve e o que não O serve. Cada promessa bíblica é uma profecia, um voto de Deus. Independentemente da crença humana, ela vai se cumprir. Vai se cumprir na vida dos que realmente creem. E o que é preciso fazer para ver essa diferença na vida? Manifestação clara e objetiva da fé. A fé sobrenatural é o único canal de comunicação entre criatura e Criador. Esse tipo de fé trata de atitude em relação a cada Promessa de Deus. Ela, por si só, já exige manifestação, disposição, entrega e dedicação da vida por conta de sua natureza Divina. Não há como manifestar essa fé sem atitude concreta. Ao ser abordado por dois cegos Jesus perguntou: “Credes que eu posso fazer isso? Responderam-lhe: Sim, Senhor! Então, lhes tocou os olhos, dizendo: Faça-se-vos conforme a vossa fé.” Mateus 9.28-29 Isso mostra que a manifestação do Poder de Deus está sujeita ao acordo da fé de cada um. Antes de curá-los, primeiro Jesus perguntou se criam. Ele podia curá-los, porém, eles tinham de corresponder com a fé. Caso contrário, nada feito. O cumprimento das promessas está sujeito à certeza íntima de cada um. As bênçãos são gratuitas, mas Deus exige a fé materializada. Jesus perdoa o pecador, mas este tem de abandonar o pecado. Ou seja, há perdão, mas sua concretização depende do perdoado sacrificar o pecado. Chama-se isso de arrependimento. É assim que funciona a fé sobrenatural. O Senhor disse: “o Meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a Minha alma.” Hebreus 10.38 Se não houvesse necessidade da fé prática, os cristãos relaxariam e perderiam a guerra diária contra o inferno. Por conta disso, há necessidade de se apresentar a demanda, alegar as razões, pedir, buscar, bater, orar, jejuar, enfim, desenvolver a fé. Para Abraão ter tido vida diferenciada precisou obedecer dia após dia; o mesmo se deu com os demais heróis da fé do passado. Ora, seria diferente hoje em dia? Quem quiser ter vida diferenciada dos demais tem de mostrar a diferença da sua fé. Do contrário… O voto da fé é exigência da própria fé. “Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não O serve.” Malaquias 3.18

 

 

Bispo Edir Macedo

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário