O efeito que uma palavra pode gerar

Há uma história popular que conta que, na África, um homem foi fazer exames de rotina. Na hora de dar os resultados, o médico pediu que ele levasse seus familiares junto. A notícia foi chocante: o médico disse que o homem tinha tumores malignos espalhados pelo corpo e que não havia nada a ser feito. Ele deveria aproveitar o resto de seus dias, pois teria pouco tempo de vida.

O homem ficou muito abalado, pois não se sentia doente, então aquilo foi uma grande surpresa para ele. Ele se entregou àquela palavra: abandonou o emprego e passou a viver confinado em casa. Em pouco tempo, perdeu muito peso e até começou a andar com muletas.
Um tempo depois, o médico o chamou novamente. Pedindo desculpas, disse que tudo tinha sido um engano. Aquele diagnóstico, na verdade, era de outra pessoa, que já havia falecido. Essa história mostra como uma simples palavra pode nos afetar.

O homem não apenas recebeu aquela palavra, mas também a aceitou. Consequentemente, desistiu de tudo e esperou que sua morte chegasse, apenas para descobrir que aquilo não passava de um engano. No entanto, na história ao lado, vemos alguém que também recebeu palavras semelhantes e, embora em seu caso, não tenha sido um engano, ela não aceitou aquelas palavras e lutou para superar seu problema. Continue lendo e seja inspirado por sua história.

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário