“O diagnóstico que mudou minha vida”

Marie Morris“Tudo começou com uma dor de estômago. Fui levada às pressas ao pronto-socorro e, após alguns exames, me internaram. Na manhã seguinte eu ouvi a terrível notícia: eu tinha câncer no intestino!

Inicialmente, aquelas palavras me chocaram, pois eu sempre fui uma mulher saudável. Nunca tinha precisado tomar remédios na minha vida. A minha mente foi inundada por pensamentos sobre o que aconteceria comigo.

‘Tem certeza de que sou eu mesma?’, perguntei ao médico sinceramente. Mas para a minha surpresa, ele estava certo. Eu tinha câncer e o som daquela palavra tinha um peso imenso em minha mente.

Porém, apesar do impacto do momento, aquele diagnóstico não abateu meu espírito. Pelo contrário, a minha fé foi despertada! Me lembrei de testemunhos inspiradores de outros membros da Universal que venceram situações semelhantes através da fé, então também decidi recorrer à fé como um complemento ao tratamento médico que estava recebendo.

Eu tinha uma cirurgia marcada para março de 2019. A contagem regressiva para aquele dia foi assustadora, mas contei com o apoio de todos da Universal. Levei uma garrafa de água de 5 litros até a igreja e pedi para o pastor abençoá-la. Comecei a beber aquela água até o dia da cirurgia e isso me deu confiança de que tudo correria bem.

Eu não estava enfrentando aquela batalha sozinha, pois os pastores e conselheiros da igreja estavam ao meu lado. O temido dia chegou e, após beber a água novamente, me senti pronta para enfrentar a cirurgia. No mesmo dia, me disseram que a operação foi um sucesso.

Dez dias depois, o cirurgião me ligou para discutir os próximos passos do tratamento. Ele explicou que o plano inicial era 6 meses de quimioterapia e fiquei preocupada, pois não queria ficar tanto tempo fora do trabalho. Eu precisava de um milagre!”

Ao mesmo tempo em que continuou frequentando as sessões de tratamento, Marie permaneceu usando sua fé participando das reuniões na igreja, ajudando como voluntária, meditando na Bíblia e orando. Logo, ela ouviu boas novas do médico: seu quadro havia melhorado, então seu período de quimioterapia seria reduzido para 3 meses, em vez de 6.

“Após apenas três meses, finalmente participei da última sessão. O médico disse que o tratamento foi um sucesso e me deu alta. Hoje, sou novamente uma mulher saudável e não poderia estar mais feliz!

Sou muito grata à minha equipe médica, que foi incrível, e acima de tudo a Deus, pois tenho certeza de que Ele me fortaleceu para que eu pudesse superar aquele período atribulado da minha vida e sair vencedora, para a glória do Seu Nome.”

Marie Morris

Os conselhos espirituais da Universal devem ser vistos como um complemento ao tratamento médico que você por ventura pode estar recebendo. A Universal não afirma ter o poder de curar as pessoas, mas acredita que Deus pode fazê-lo através do poder da fé. Siga sempre as instruções do seu médico.

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário