Não se deixe enganar…

A final de contas, da mesma forma,

Não se deixe enganar…

Nada tem sido tão devastador nas igrejas como a ignorância com respeito às profecias. Da mesma forma como Satanás tem usado a falsidade de línguas estranhas também tem se aproveitado da falta de discernimento espiritual com respeito às profecias. E o pior é que muita gente escolada também tem se rendido às farsas das “profetas” que, diga-se de passagem, são mulheres mal casadas ou frustradas sentimentalmente.

A situação é tão crítica que chega-se a misturar profecias, adivinhações, previsões do futuro e até imposições de casamentos, negócios e viagens, tudo no mesmo pacote da ilusão para enganar os incautos sinceros.

A Bíblia não deixa dúvida quanto ao uso das profecias e ensina seu objetivo:

Primeiro

Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. (I Coríntios 14.3)

Segundo
O profeta fala aos homens (Igreja). Ou seja, o profeta não fala para alguém em particular. Ao contrário, se a palavra é profética, então ela vem de Deus e, se vem de Deus, Sua orientação é para abençoar todos da Igreja, mas nunca para alguém em particular. A final de contas, Deus não faz acepção de ninguém. Por que Ele falaria com um ou outro em particular?

Terceiro
O alvo da profecia é EDIFICAR, EXORTAR E CONSOLAR A IGREJA conforme os textos bíblicos abaixo. Mas, por favor, leia com atenção e medite:

Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja…De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis. (1 Coríntios 14.3,4 e 22)

Gostou? Então compartilha:

Related Post

Deixe um comentário