Não deixe sua vida ficar parada

aliança com Deus, compromisso com Deus, fidelidade a Deus,

Não deixe sua vida ficar parada

Entenda de Quem você depende para caminhar

Muitas pessoas trabalham arduamente e não veem o resultado do seu esforço. Outras batalham por um crescimento e, mesmo assim, continuam com a vida parada. Por que isso ocorre?

Vivemos em um mundo em que precisamos atuar para atingir os nossos objetivos. Nos esquecemos, porém, de que não conseguimos fazer nada sozinhos. Dependemos de um aliado: Deus.

Quando a pessoa reconhece que Deus é o Criador de todas as coisas, entende que depende Dele para fazer com que sua vida comece a andar. Mas como fazer uma aliança com Deus?

O bispo Osvaldo Ceola explica que é como no casamento. Quando o homem e a mulher colocam a aliança no dedo assumem o compromisso da fidelidade. “Ninguém coloca uma aliança se não estiver seguro do passo que vai dar. Assim também são as pessoas comprometidas com Deus. Da mesma forma que Ele é fiel cumprindo suas promessas, também espera de nós essa fidelidade. Sem fidelidade, a aliança se rompe e não existirá razão para seguir adiante com essa união”, compara. Portanto, é preciso demonstrar a fidelidade por meio das atitudes.

Como isso é possível? Apresentando-Lhe os frutos do trabalho, reconhecendo que Ele é o dono de tudo. “Nós somos apenas administradores daquilo que pertence ao Senhor. Quando somos fiéis, dizemos com obras e não apenas com palavras que Ele é o Senhor de todas as coisas e de nossas vidas”, declara o bispo.

Quando apresentamos a Deus a primeira parte daquilo que simboliza o nosso trabalho, demonstramos a nossa consideração Àquele que nos ajudou a obter os resultados. É o mesmo que fazemos em um aniversário ao dar o primeiro pedaço do bolo a quem mais consideramos.

Assim como esse pedaço de bolo, o dízimo é uma forma de demonstrar o compromisso e a fidelidade a Deus. Por meio dele, a pessoa reconhece que as primícias (primeira parte) do resultado do seu trabalho pertencem a Ele e que, por isso, está Lhe devolvendo.

Dessa forma, Deus se vê no dever de abençoá-la e, com isso, sua vida deixará de ficar parada. “Ela passa a ter uma vida aprovada porque, agora, já não é uma opositora ao Senhor. Por ser fiel, passa a ter direitos que só aqueles que entram nessa Aliança com o Criador têm, podendo gozar das promessas e das bênçãos infinitas”, justifica o bispo.

KOC_1853.300x200Mudança

Leandro Fontes, de 24 anos, (Foto ao lado) estava com a vida totalmente parada até entender que tinha que ter um compromisso com Deus.

Até os 19 anos, ele passava muitas dificuldades financeiras. Trabalhava, mas não via resultados. Tinha que ir à faculdade a pé por não ter um centavo para andar de ônibus. “Eu estava tendo uma vida estagnada. Não sobrava dinheiro nem para comer”, relata.

Como se não bastassem as dificuldades, passou por momentos de agonia ao ser assaltado sete vezes. “Eu me limitava a adquirir coisas novas, com medo de ser assaltado novamente.”

Mas, há cinco anos, Leandro aprendeu na Universal que a fidelidade a Deus seria responsável por fazer sua vida começar a andar. “Fiz uma provacom Deus. Determinei que se fosse verdadeira a promessa das bênçãos, ela teria que ser cumprida na minha vida.”

Uma semana depois, ele conseguiu uma bolsa na faculdade e foi promovido na empresa em que trabalhava. Logo em seguida, foi estudar durante três meses na Nova Zelândia para adquirir mais conhecimento em sua área. “Hoje sou formado em Engenharia de Produção, tenho estabilidade financeira e qualidade de vida”, destaca.

DSC_0127.300x200O trabalho evoluiu

Letícia Queiroz, de 32 anos (foto ao lado, com o marido e a filha), assumiu um compromisso com Deus assim que chegou à Universal, há cerca de três anos.

Proprietária de um escritório de produção de vídeo ao lado do marido, Alessandro, ela não via o trabalho dar resultados. Por falta de clientes, já estava pensando em fechar as portas. “Estava tudo parado, parecia que nada andava”, afirma.

Mesmo assim, o casal e a filha de 14 anos gastavam o pouco dinheiro que tinham em compras, equipamentos e viagens. Dessa forma, além de não conseguirem ver o negócio prosperar, fizeram muitas dívidas. “Virava uma bola de neve, porque éramos compulsivos em compras. Queríamos ter as coisas, mas não tínhamos como comprá-las”, diz.

Na Universal, ela aprendeu como deveria ser fiel a Deus. Após quatro meses, conseguiu pagar as dívidas e o escritório começou a prosperar. O marido e a filha, Monique, viram o exemplo da mãe e firmaram também um compromisso com Deus. “Os bancos nos ligaram oferecendo acordos inimagináveis. Nosso escritório começou a ser reconhecido na região e muitos clientes apareceram dizendo que poderíamos até aumentar o preço do trabalho”, diz Letícia.

Os exemplos de Leandro e Letícia mostram que a fidelidade a Deus faz com que Ele se torne realmente um parceiro da pessoa.

Assuma um compromisso com Ele e faça a sua parte sendo fiel. Tendo Ele como seu aliado, sua vida, que esteve por anos estagnada, certamente vai prosperar.

Quer aprender mais sobre Deus? Participe hoje mesmo de uma reunião na Universal. Encontre o endereço mais próximo de sua casa clicando aqui.

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário