Minha Imagem

mulher de Deus, uma bênção de Deus,

Uma vez me perguntaram: “Você não se importa de se expor através de seus artigos no blog e contar suas experiências?”

Ainda que fazemos tudo isto por amor, e com a intenção de ajudar as pessoas e ganhar mais almas, nem todos veem dessa maneira.

Mas o tema que quero abordar é o seguinte: Até que ponto isso nos preocupa, ou seja, o que é mais importante para a mulher de Deus? Se expor para ajudar ou a sua própria imagem diante das pessoas?

Até que ponto estamos dispostas a chegar para alcançar os perdidos, mesmo que isso signifique enfrentar os maus olhos da parte de uns e críticas da parte de outros?

Na verdade eu já fui assim. Preocupava-me com o que as pessoas poderiam pensar e sempre queria agradar a todos, até o dia que vi ser isso algo impossível.

Sempre haverá pessoas que interpretarão mal o que escrevemos, o que fazemos, e o que falamos, mas nosso foco deve estar exclusivamente em ganhar almas.

Não tem nada melhor que receber um comentário ou um e-mail de uma pessoa que você nem conhece, dizendo: “Seu artigo me transformou, mudou minha maneira de pensar, abriu meus olhos…”

“Quero agradecer por se permitir ser uma bênção de Deus na minha vida. Suas palavras, seus posts e mensagens me ajudaram muito a fazer escolhas nos momentos que eu mais precisei. Ler e praticar suas mensagens me ajudaram a chegar até aqui.” Amiga

Como parar de abençoar só porque alguns nos criticam? como deter este desejo de ajudar se é o que nos sustenta todos os dias?

Não vamos retroceder, Deus conta conosco e estamos aqui para que Ele cresça, sem nos importar a nossa imagem.

Deus abençoe a todas, que sem estar preocupadas com a imagem que possam ter si mesmas, têm se esmerado para ganhar almas – umas de uma maneira, outras de outra, mas todas com o mesmo objetivo.

“Por isso não desfalecemos; mas ainda que o nosso homem exterior se esteja consumindo, o interior, contudo, se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória; não atentando nós nas coisas que se veem, mas sim nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, enquanto as que se não veem são eternas.” 2 Coríntios 4:16-18

Cristiane Cardoso | cristianecardoso.com
Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário