Arranque a negatividade de sua vida

Adam and Eve, Book of Genesis, Books of Samuel, Christianity, David, espírito de Davi, exército de Israel, God,

Untitled-2

O espírito firme sustém o homem na sua doença, mas o espírito abatido, quem o pode suportar?
Provérbios 18.14

A pessoa de espírito abatido vive desanimada, só vê o lado ruim das coisas e reclama por tudo. Todo problema, para ela, atinge proporções assusta­doras. Sua negatividade vem da dúvida. Como a fé traz vida, a dúvida traz morte. Enquanto a fé estimula sonhos e levanta a autoestima, a dúvida envenena sonhos, esperanças e traz depressão.

O exército de Saul tremeu diante das ameaças do gigante Golias. Todos os dias ele gritava palavras de derrota ao exército de Israel. “Todos os isra­elitas, vendo aquele homem, fugiam de diante dele, e temiam grandemente, e diziam uns aos outros: Vistes aquele homem que subiu? Pois subiu para afrontar a Israel.” 1 Samuel 17.24-25

Davi não tinha força física, mas seu espírito era firme. Ao ouvir as ameaças, sua reação foi: “Quem é, pois, esse incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?”1 Samuel 17.26. Enquanto eles se viam como “exército de Israel”, Davi os via como “exército do Deus vivo”, isto é, reconhecia que a afronta era contra o próprio Deus. Então, decidiu ir à batalha. A firmeza de espírito de Davi vinha da certeza de que Deus estava com ele. Qualquer que seja a dificuldade, essa firmeza sustenta a pessoa.

O espírito abatido transformou valentes soldados em frouxos. Um garoto, pastor de ovelhas, venceu a batalha. Venceu porque tinha o espírito firme. Enquanto você olhar para o tamanho do problema, não sairá do lugar. Mude sua reação aos problemas. Firme seu espírito. O que se levanta contra quem é de Deus, se levanta contra o próprio Deus.

Mude sua reação diante dos problemas.

Essa mensagem lhe ajudou? Compartilhe com os seus amigos e familiares em suas redes sociais.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do bispo Edir Macedo

Gostou? Então compartilha:

Related Post

Deixe um comentário