Amor ao dinheiro: a armadilha que destrói a prosperidade

uma falsa sensação de segurança,

Amor ao dinheiro: a armadilha que destrói a prosperidade
Desde os primórdios da humanidade, a necessidade de troca de produtos foi identificada como forma de adquirir o necessário à sobrevivência. Houve uma época em que itens não perecíveis desempenhavam o papel de dinheiro, como cobre, grãos, ouro, prata e sal.

Isso até evoluir para o sistema que hoje conhecemos como dinheiro, que pode ser encontrado na forma de dinheiro físico ou dinheiro eletrônico.

Considerando que o dinheiro é um instrumento utilizado para realizar trocas comerciais na sociedade, deve-se admitir que é necessário. Porém, pode ser uma verdadeira armadilha, pois a riqueza é uma das inúmeras fraquezas do ser humano.

Hoje em dia, o dinheiro é visto como um dos caminhos para a felicidade. Um estudo realizado pela Harvard Business School, nos Estados Unidos, com quatro mil milionários de vários países, identificou um quadro interessante.

Apesar de já terem atingido a cifra de milhões, um quarto dos entrevistados afirmou que para serem “felizes” precisariam que a sua riqueza aumentasse 1.000%.
A felicidade viria caso alcançassem esse objetivo ou seria necessário ir além para compreender que “ter” não pode ser traduzido em “ser”?

A necessidade de ter sempre mais dinheiro e fazer o que for preciso para ganhá-lo não é a solução dos problemas, mas sim a sua origem, como orienta a Bíblia:

“Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.” 1 Timóteo 6:9,10

Sem equilíbrio, aqueles que colocam o dinheiro acima de tudo ficam cegos pelo brilho do mundo. Tem gente que por amor ao dinheiro não conversa com algum familiar, mata, rouba e engana. Na verdade, o dinheiro é um grande servo, mas um péssimo senhor.

O maior perigo é que o dinheiro dê uma falsa sensação de segurança, então quem se deixa levar por esse sentimento começa a colocar as conquistas no lugar de Deus, começa a dizer que não tem mais tempo para Ele e começa a pensar que foi a força do próprio braço que os levou a tantas conquistas.

O Senhor Jesus ainda alertou sobre valorizar o que é eterno em vez de priorizar o que é temporário:

“Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.” Mateus 6:19-21

Para não se perder nessa jornada é preciso que o foco esteja ajustado na direção certa. A verdadeira prosperidade envolve abundância em todas as áreas da vida, começando pela vida espiritual. Porém, para alcançar esse equilíbrio, você precisa se aliar a Deus. Essa é a base das reuniões da Prosperidade com Deus, que acontecem às segundas-feiras na Igreja Universal.

Se você quiser saber mais sobre como construir sua vida financeira e realizar seus sonhos com base na Palavra de Deus, não perca esses encontros fortalecedores.

Evento: Prosperidade com Deus
Data e Horário: segundas-feiras, às 7:30pm (também às 10am, 12pm e 3pm)
Local: Na Igreja Universal mais próxima a você

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário