A recuperação para todos os problemas

Eu era muito depressiva,

ThinkstockPhotos-536558923.690x460

A enferma: Ângela, de 38 anos.

A doença: uma tristeza profunda, sem motivo aparente.

“Não entendia. Eu não sabia de onde vinha aquela tristeza”, diz a própria Ângela.

Mesmo sem ter uma raiz definida, o problema acarretou diversos outros males, entre eles, doenças psicológicas que a impediam de manter um relacionamento saudável, até mesmo em família.

“Devido a essa tristeza, desenvolvi a síndrome do pânico. Eu era muito depressiva, muito nervosa, sentia vontade de morrer.”

De acordo com Ângela, a solução apareceu quando ela percebeu a importância de se aproximar de Deus.

Mas como será que ela teve essa percepção. Assista abaixo ao depoimento dela e descubra:

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário