A receita para uma nova vida

(Continuação da mensagem “Ano Novo, vida nova?”

Cerca de 100 anos haviam se passado desde seu regresso à Palestina. Mesmo assim, nos dias do profeta Malaquias, Jacó encontrava-se, espiritualmente, perdido. Os sacerdotes viviam na corrupção e, por conseguinte, também o povo.

Desonestidade, infidelidade, casamentos mistos, divórcios, idolatrias, feitiçarias, adultérios, juramentos falsos, roubos, enfim, toda a sorte de injustiças era praticada.

E quando clamaram, o Senhor respondeu: “Eu não os destruo porque Eu, o Senhor, não mudo. Vocês se desviaram da Minha Lei…Mas se vocês voltarem-se para Mim, então Eu me voltarei  para vocês.

E vocês perguntam: Como voltaremos para Ti?”Então, o Senhor dá a receita de uma vida nova no novo ano: Restabelecer a fidelidade nos dízimos e nas ofertas. Malaquias 3.6-12. Claro! Nenhum casamento pode ser restabelecido sem o princípio da fidelidade conjugal. E o mesmo se aplica no restabelecimento de aliança com Deus.Neste novo ano, comece a agir com fidelidade para com Deus e teste a fidelidade dEle para com você.
Confira você mesmo se a Palavra dEle é verdadeira ou falsa! Dízimos representam fidelidade. São um sinal de parceria com Deus.

Quando Lhe somos fiéis, Ele é obrigado a corresponder. Por isso Ele promete repreender o amaldiçoador. Quem quiser vida nova tem de começar ser fiel a Deus com seus dízimos. Do contrário, vai continuar na esperança até a morte.

Há um ditado que diz: manda quem pode; obedece quem tem juízo.Pense nisto!

Bispo Macedo

www.bispomacedo.com.br

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário