A Energia da Fé

Para que algo seja detectado, é necessário que haja tanto um transmissor quanto um receptor. A luz do sol ilumina os planetas e as estrelas, mas o espaço, em si, permanece escuro. Por quê? Pois não há um corpo físico agindo como receptor dessa luz.

A luz do sol alcança todos os cantos da galáxia, mas só pode ser vista quando um receptor a reflete. O mesmo acontece com a eletricidade, as ondas de rádio, Wi-Fi e todas as outras formas de energia. Para que seu impacto seja evidente, é necessário um receptor. A energia está presente a todo momento, em todo lugar, mas ela pode apenas surtir efeito quando há uma conexão entre o transmissor e o receptor.

No mundo espiritual, não é diferente. Infelizmente, há muita energia negativa sendo propagada – como ciúmes, ódio, engano, etc. – e muitos acabam sendo receptores desse tipo de energia. Consequentemente, isso pode levar ao sofrimento. Mas a boa notícia é que da mesma forma que energias negativas são propagadas para que as pessoas as recebam, Deus também propaga energia positiva para nós recebermos.

Assim como o fogo, o vento e a água são elementos geradores de energia, o altar de Deus também gera uma energia: a energia da fé. Ao conectar-se com essa energia real, a pessoa é abençoada e fortalecida para se desconectar da energia negativa ao seu redor. Resumindo, tudo emite um tipo de energia e você pode escolher o tipo de energia a qual irá se conectar.

Participe das nossas reuniões de domingo, às 10h, onde você pode aprender como se conectar com a energia de Deus – uma energia poderosa, que levanta aqueles que a recebem, permitindo que vivam a vida abundante a qual sempre foram destinados.

Tire a prova para ver se você também pode se beneficiar da orientação oferecida EM SUA UNIVERSAL LOCAL Acesse a seção de endereços para conferir a igreja mais próxima de você, bem como a NOSSA AGENDA COMPLETA.

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário