VIDA TRANSFORMADA

Corrente de Oração, espíritos negativos, uma solução para o meu problema,

“Aos 18 anos de idade comecei a sofrer ataques espirituais durante a noite. Tentava lutar contra forças invisíveis no escuro do meu quarto, as quais me amedrontavam com seus ruídos assustadores e me agrediam fisicamente. Não tinha idéia de como me livrar desse problema e, tão pouco, aonde conseguir ajuda. Ao todo foram 19 anos de sofrimento.

Nao dizia o que acontecia a ninguém, pois achava que as pessoas não iriam acreditar em mim. Desesperada para me livrar desses espíritos negativos, procurei  feiticeiros e ocultistas.  Essas pessoas me deram falsas esperanças, nas quais acreditei  durante muitos anos. Cheguei até mesmo a participar de rituais que envolviam sacrifícios de sangue na tentativa de me ver livre do problema.

Por um tempo parecia que esses esforços davam resultados,  mas depois as coisas pioravam ainda mais. Tanto que, apesar de ser uma pessoa qualificada,  não conseguia evoluir profissionalmente. Tudo o que eu queria naquela época era ter uma  noite de sono pacífica,  pois ora eram os ataques espirituais, ora eram os pesadelos a me atormentar.

Cansada de bater em tantas portas e não encontrar uma solução para o meu problema, finalmente conheci o trabalho do Centro de Ajuda através de uma pessoa que trabalhava no mesmo lugar que eu. Quando cheguei à Igreja eu era uma pessoa nervosa e deprimida, porém me senti confiante para falar sobre o meu problema com o pastor, o qual me ouviu e realmente entendeu minha angústia.

Ele me aconselhou a fazer uma Corrente de Oração às sextas-feiras para a minha libertação espiritual. A cada reunião, sentia como se um grande peso estivesse sendo retirado  dos meus ombros.

Aos poucos, passei a ser uma pessoa mais tranquila, os ataques provocados por espíritos malignos deixaram de existir e eu pude começar a dormir profundamente. Depois de adquirir paz de espírito, consegui me firmar profissionalmente e hoje estou liberta de todo o mal.”

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário