Encontro de bispos e pastores no Teatro Rainbow

bispo Renato Cardoso, espirito santo, Jesus, problemas que estavam enfrentando, Reino de Deus, resolve os problemas, uma nova vida,

Mudança completa de vida vem para quem está com o Espírito Santo e disposto a lutar

Da redação

O Centro de Ajuda realizou, recentemente, o “Encontro de Bispos e Pastores”, no Teatro Rainbow. Mais de mil pessoas compareceram à reunião. O encontro foi considerado o maior do ano ocorrido até agora, pois contou com a participação de bispos e pastores da África, Ásia e Nova Zelândia.

A reunião começou com uma convocação do bispo Renato Cardoso –, responsável pelo início do trabalho evangelístico do Centro de Ajuda no Reino Unido –, para que todos os presentes se aproximassem do altar. “Nós não estamos aqui para uma visita social, uma exibição ou para apresentar o bispo ou o pastor a, b e c. Nós estamos aqui para desfazer os trabalhos do diabo em nossas vidas”, disse ele.

Em seguida, o bispo Renato explicou a razão pela qual a vida de muitas pessoas está na miséria, com doenças e depressão, abrindo os olhos das pessoas para os truques que o diabo utiliza, e todos buscaram por mudanças. Orações fortes foram feitas para desfazer todo o trabalho do mal que estivesse sobre a vida dos presentes.

Depois de quebrar o domínio do diabo e rejeitar os problemas que estavam enfrentando, a fé da Igreja foi alimentada com o entendimento de que tentar com toda a força não é suficiente. “O que realmente importa é tomar posse do Reino de Deus. E somente aqueles que querem possuir o Espírito Santo devem estar conscientes das dificuldades naturais. É guerra”, declarou o bispo. Essa mensagem chacoalhou a fé de muitos que estavam conformados com a forma que suas vidas se encontravam, e foi a chave para que superassem o mal.

Início de vida nova

Para muitos, o encontro foi apenas o começo de uma nova vida. “Entendi como algumas situações na nossa vida podem ser resistentes e teimosas e quanto mais fortes temos que ser para vencê-las”, diz Gibriel M., membro do Centro de Ajuda de Peckham.

O momento serviu para que todos entendessem que a passividade não resolve os problemas, sejam quais forem. A fé tem que estar aliada a atitudes: “A vida é uma batalha diária, e se eu não for forte, serei morto. Eu tenho sempre que estar pronto para a batalha, e mesmo quando as coisas parecem se acalmar, devemos agir como se estivéssemos no meio de uma guerra invisível. Nós nunca vamos conquistar ou superar nada se relaxarmos”, finalizou Gibriel.

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário