Escrava das dívidas

É praticamente comum e bastante normal nos dias de hoje recorrer a empréstimos para quitar prestações da casa própria, do carro, para montar um negócio etc. Mas o que fazer quando as dívidas adquiridas começam a se avolumar e a fugir de controle? Fátima Silva conheceu de perto esse drama. Ela conta que só conseguiu se livrar do problema com a intervenção de uma força Maior que a levou na direção certa, não só para resolver suas pendências financeiras, como também ajudá-la a vencer um vício incontrolável, responsável pelo acumulo de suas dívidas. Algo que parecia impossível para alguém como Fátima, que tinha 21 cheques devolvidos na praça e já estava recebendo ameaças de morte caso não pagasse o que devia.

“Eu era viciada em jogos, gostava de tentar a sorte em bingo, poker e máquinas de caça níquel. Por causa disso perdi a minha empresa, quatro carros, meu apartamento chegou a ir a leilão, tinha cartões de crédito estourados, minhas contas de banco estavam todas acima do limite e tinha um total de 21 cheques devolvidos. Diante de tudo isso as cartas de cobrança, algo que eu nunca havia recebido na minha vida, não paravam de chegar. Nessa época eu não atendia o telefone. Tinha medo de levar um tiro no ouvido, até mesmo através do aparelho, devido às ameaças que eu sofria.

O declínio

Por causa desse problema todas as áreas da minha vida começaram a ficar afetadas. Me tornei uma pessoa angustiada, desesperada, a qual desconfiava da própria sombra e já não dormia e não me alimentava mais direito. Como consequência disso, entrei em depressão profunda e passei a ter pensamentos suicidas.

Até que minha cunhada, ao ver a minha situação, começou a falar muito da igreja, mas eu resisti, eu não dava ouvidos a ela. Demorou três meses para eu sucumbir e querer procurar a ajuda de Deus. Isso só aconteceu depois que eu perdi o meu último centavo.

A libertação

Semana após semana passei a frequentar as reuniões e decici participar da Campanha de Israel. Após entregar o meu voto, Deus me revelou uma grande idéia, e assim comecei a fazer produtos de limpeza, algo que era totalmente novo para mim, mas eu não tive medo de arriscar. Aos poucos e com muita luta, paguei os meus cheques, os cartórios, agiotas e todos os que eu devia.

 

Uma nova Campanha chegou e eu fiz um novo desafio no intuito de abrir a minha empresa. Mais uma vitória conquistada com a ajuda de Deus. Abri um negócio pequeno, o qual teve um início muito díficil. O movimento era muito fraco. Tinha vezes que não conseguia vender nenhum almoço, até que perseverando e acreditando em Deus meu movimento passou de 5 para 10 pessoas, e foi crescendo até chegar em 180 por dia. Com isso pude comprar o apartamento dos meus sonhos e recentemente adquiri mais um imóvel.

Andar para trás nunca mais, agora só quero crescer pois conheço um Deus que é fiel O qual me libertou do vício, das dívidas e me deu a oportunidade de sonhar conquistar tudo o que quero.”

Fatima

 

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário