40 anos depois, casal recria fotos do matrimônio

a raiz do problema, para a vida toda, relacionamento amoroso feliz,

40 anos depois, casal recria fotos do matrimônio

Você já pensou em como pequenas escolhas podem mudar a nossa história? São pequenas decisões que fazem toda a diferença em como será o nosso futuro.

Um rapaz se aproxima de uma moça, enquanto a música soa no ambiente, e pergunta: “Você quer dançar?”. E pronto. Ali começa um relacionamento para a vida toda.

Foi assim que aconteceu com um casal estadunidense (foto ao lado), que, recentemente, para comemorar os 40 anos de união decidiu reproduzir as fotos do dia da cerimônia. As imagens foram postadas pelo filho do casal em uma rede social.

Mesmo depois de todo esse tempo, ambos continuam com a atitude de respeito e carinho. Um relacionamento que o filho define como “uma grande história de amor”.

Se quisermos um futuro feliz, precisamos começar pelo agora

As nossas atitudes terão consequências no futuro – e isso é um fato. Então, pense por um momento, se você deseja ter um relacionamento amoroso feliz por toda a sua vida, é preciso primeiramente promover ações no presente que farão bem para essa união posteriormente.

Muitos casais, quando discutem com frequência ou trazem algo de ruim para o relacionamento, não percebem que destroem o futuro da união com essas ações. Por isso, é muito importante encontrar a raiz do problema no momento atual para que ele não se torne algo maior no futuro.

Talvez esse casal não tivesse comemorado os 40 anos de união, se no passado atitudes irresponsáveis estivessem dentro do relacionamento. Pense nisso. Faça uma “foto mental” de como você se imagina daqui a 5 ou 40 anos. Será que você deseja tristezas e desilusões?

Se você deseja adquirir conhecimentos que vão te ajudar a alcançar a felicidade na vida amorosa, não perca tempo e participe da Terapia do Amor que acontece todos os Sábados, às 19h somente no Teatro Rainbow, 232 Seven Sisters Rd, Londres, N4 3NX.

Para mais informações contacte para 020 7272 1010

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário