Como o Centro de Ajuda mudou minha vida


“Nós não desistimos de ninguém. Por isso fazemos o que fazemos.”

UCKG-jayHoje nós nos amamos profundamente

“Eu e meu marido não tivemos a oportunidade de nos conhecer antes do casamento, o que contribuiu, no mínimo, para o início de uma frustrante vida a dois. Pedir conselho foi a chave para descobrir que casamentos combinados podem dar certo. Quando colocamos em prática o que nos foi aconselhado, nós aprendemos a amar um ao outro.”

Vani e Jay Chinapyel

UCKG-victorSaúde significa vida

“Em 1995, descobri que tinha insuficiência circulatória aguda (choque). Eu andava frustrado e com baixa autoestima. Eu me sentia emocional e psicologicamente esgotado. Ter o Centro de Ajuda ao meu lado durante o tratamento foi inestimável. Os conselheiros mantiveram meu espírito para cima e me fizeram entender que estar doente não significa estar morto. Desde então, comecei meu próprio negócio e me casei. Eu não sou um milionário, mas sou feliz, e poucas pessoas podem se orgulhar disso.”

Victor Akutu

UCKG-lisaUm grande futuro não pede um grande passado

“Depois de dois relacionamentos malsucedidos, uso de drogas e uma família destruída, eu não era capaz de enxergar vida na minha rotina. Por fora, eu era a sensação das festas, mas por dentro era infeliz e não conseguia entender o motivo de tanto sofrimento. Eu me sentia depressiva e não queria continuar assim. Eu queria mais para mim e para minha filha e o Centro de Ajuda me mostrou o caminho para resolver isso dentro de mim. Eu me decepcionei muitas vezes e foi uma luta voltar a confiar nas pessoas, mas o Centro de Ajuda nunca desistiu de mim. Pouco a pouco as coisas mudaram e posso dizer de coração aberto que o Centro de Ajuda me encontrou enquanto estava perdida.”

Lisa Hodgkinson

UCKG-familyO melhor pai que posso ser

“A bebida arruinou minha família. A última gota foi quando Leah (minha noiva na época) descobriu que eu a traia e me expulsou de casa. Eu não podia deixar meu relacionamento de 12 anos escorrer pelo ralo, mas havia algo que me impedia de demonstrar meu amor pelos outros. Foi aí que o Centro de Ajuda entrou na minha vida. Eles me mostraram a raiz do problema e me apontaram os passos para mudar de vida. Eu agora sei os caminhos para ser o melhor pai para meus filhos e o melhor marido para minha mulher.”

Nixon de Abreu

UCKG-shereneLidando com o divórcio

“Eu me lembro do quão perdida me senti quando cheguei em casa e vi meu marido rodeado por malas. ‘Eu não te amo mais’, afirmou. Essas palavras me perseguiram por anos. O dia que eu decidi encarar o divórcio de frente, então, aprendi a lidar com a situação. O Centro de Ajuda me apoiou e me mostrou como conquistar o amor-próprio que havia desaparecido. Hoje posso dizer que sou uma mulher feliz e que encontrei um marido incrível.”

Sherene Changoo

UCKG-josephSuperando a ansiedade

Eu não tinha conhecimento do meu vício. Ecstasy, LSD, cocaína, crack – me fale qualquer nome e eu te digo que já usei. O ponto final foi quando minha mãe faleceu. No dia seguinte, eu estava completamente perdido. Comecei a sentir uma enorme depressão e fui aconselhado a frequentar clinicas de reabilitação e a tomar antidepressivos. Mas, mesmo assim, não conseguia parar com as drogas. Foi aí que o Centro de Ajuda começou a fazer parte da minha rotina. Os conselheiros me incentivavam, quando eu mais queria desistir. Hoje, sou um engenheiro qualificado e quero que todo mundo saiba que existe esperança!

Joseph Dyer