“Sou pai solteiro, você casaria comigo?”

Declan Varleigh“Eu tinha acabado de terminar um relacionamento e estava saindo com várias mulheres. Eu era um mulherengo para dizer a verdade, e não valorizava o casamento. Eu usava várias plataformas on-line para encontrar mulheres, apenas para dormir com elas. Como resultado, aos 18 anos, descobri que seria pai. Eu estava petrificado. Na verdade, nós dois estávamos com medo. Não estávamos prontos para ser pais. Nosso relacionamento não estava definido; nós estávamos constantemente nos separando e voltando. Mas, como tivemos um filho juntos, tentamos fazer nosso relacionamento funcionar. Devido a alguns problemas que nós estávamos passando, decidimos terminar.

Eu ouvi sobre as reuniões da Terapia do Amor, mas no início, não estava realmente interessado, então eu só participava de vez em quando. No fundo, eu sempre quis ser feliz na minha vida amorosa e também ser fiel, mas toda vez que tentava, eu falhava. Pouco a pouco, as coisas começaram a melhorar, graças à algumas reuniões que participei. Comecei a entender os benefícios de ‘aprender a amar de maneira inteligente’ como eu estava aprendendo. O que isso significa é que eu não posso ser movido pelos caprichos do meu coração. Cabe a mim pensar com a minha cabeça e considerar minhas escolhas. Cabe a mim escolher ser fiel e fazer o que é certo.

Esta lição exigiu que eu aprendesse a permitir que Deus me guiasse através da minha vida amorosa – lidando com meus relacionamentos seguindo as regras dEle e não as minhas. Essa transição não foi fácil porque eu estava acostumado a fazer as coisas do meu jeito. Isso me colocou em um lugar vulnerável porque eu realmente tinha que acreditar que alguém iria aceitar eu e meu filho. Com medo da rejeição, a princípio, evitava dizer a certas pretendentes que tinha um filho.

A orientação que recebi foi exatamente o apoio positivo que eu precisava. Fui capaz de trabalhar em mim mesmo, mudar primeiro a maneira como eu me via e, em seguida, também a maneira como via os relacionamentos em geral. Isso me ajudou a amadurecer e me tornar mais confortável e confiante comigo mesmo. Eu sou um pai e é isso! É pegar ou lagar – somos como um pacote.

Conheci minha esposa na igreja. No começo ela não estava interessada em mim, então decidi continuar me concentrando em mim mesmo. Foi algo bom ela não estar interessada em mim na época, pois percebi que ainda não estava pronto para um relacionamento. Quando finalmente começamos a namorar, entrei no relacionamento como um novo homem. Eu me certifiquei de não cometer os mesmos erros que cometi no passado e tirei um tempo para realmente conhecê-la. Quanto mais eu fazia isso, mais certeza eu tinha de que ela era a mulher certa para mim.

Nós namoramos por três anos e agora estamos casados há seis meses. Eu não preciso mentir para esconder as coisas da minha esposa. Sou aberto e honesto. Para alguém que não valorizava o casamento, hoje ser marido é uma verdadeira benção. Eu costumava ver o casamento como um fardo e um obstáculo para me ‘divertir’, mas hoje eu vejo isso como uma das melhores decisões que já tomei em minha vida.

O papel que Deus desempenhou durante toda a minha jornada foi crucial. Ele me mostrou o valor de não apenas estar em um relacionamento, mas também ser fiel. Deus realmente mudou minha mentalidade e me transformou em um novo homem.”

Declan Varleigh

Gostou? Então compartilha:

Deixe um comentário