Por dentro da lei

pode  fazer toda a  diferença, todas as suas dívidas, uma opinião legal,

PROBLEMAS COM DÍVIDAS

Por Dra. Vitória Nabas

Atualmente, as pessoas estão cada vez mais conscientes que a Lei tem dado maior ênfase  aos casos de débito. Sendo assim, deve-se ficar claro que se você não pagar as suas dívidas, os seus credores podem atuar legalmente contra você. Para tanto, é importante que saiba quais são os seus direitos e responsabilidades caso passe por esse tipo de situação. Já para os que estão vivenciando o problema,  contactar os serviços de um profissional qualificado que possa orientá-lo de forma imparcial, pode  fazer toda a  diferença.

Vale lembrar que assim que você começar a receber cartas de interpelação dos seus credores, dentro em  breve serão adotadas medidas legais contra você.  Legalmente, os seus credores podem intentar ações judiciais e contratar os serviços de “Bailiffs” (pessoas autorizadas a fazer cobranças em nome dos credores) para que,  sejam  penhorados e vendidos os seus bens, afim de se proceder ao pagamento dos valores em dívida. No entanto, se um dos “Bailiffs” bater à sua porta você pode exigir que o mesmo se identifique e,  apenas entre em sua casa se usar de meios pacíficos, ou seja, não  recorrer à força. Contudo, os mesmos podem entrar por uma porta aberta ou janela, desde que não causem qualquer tipo de dano à propriedade.

Se você encontra-se endividado e vem sendo perseguido pelos seus credores e cobradores,  a solução poderá ser fazer um Acordo Voluntário Individual (IVA) ou um plano de gerência de dívidas, a fim de que não seja mais importunado por credores até que consiga pagar todas as suas dívidas.

Todos os credores e cobradores devem seguir as diretrizes  do Debt Collector Guidance, 2004 do “Office of Fair Trading’s” (OFT), caso contrário arriscam-se a perder a licença do Crédito ao Consumo. Essas diretrizes cobrem certas questões para que  o consumidor possa ser protegido contra práticas injustas e o aproveitamento dos credores. Se você julga ter sofrido um tratamento injusto por parte dos seus credores, é aconselhável consultar um advogado para que o mesmo possa assessorá-lo.

Obviamente que, conhecer os seus direitos não o isenta de pagar as suas dívidas,  mas pode  ajudá-lo a proteger-se contra alguns credores, caso a situação fique insustentável.

Este artigo foi redigido meramente para fins de informação e debate não devendo ser considerado uma opinião legal para qualquer operação de negócio específico.

Direitos Autorais reservados a NABAS LEGAL

 

Gostou? Então compartilha:

ONE Comentários

  • Reply

    Francisco AG da Silva

    22nd February 2012

    A informação e aconselhamento legal tem sido o melhor instrumento no seio da Imigração, mui, especialmente, no que respeita à Lusófonia!A grande luta em prol dos mais vulneráveis, começou há muitos anos dentro das Instituições Sindicais, aquando os trabalhadores tinha que comer o "PÃO QUE O DIABO AMASSOU",com agravante de fazer muitas vezes de "BODE EXPIATÓRIO", recebendo como recompensa beijos de judas! Mas, os imigrantes não se deram por vencidos, nem tampouco abdicaram dos seus deireitos! Eles souberam-se organizar até aos nossos dias, onde através das suas reivindicações ganharam prestígio, como foi a DOUTORA ADVOGADA - VITÓRIA NABAS, que começou a sua carreira dentro da Comunidade Hispânica, e, logo em seguida, ajudou a LUSÒFONIA! Portanto,a nossa luta começa onde estamos, e é bom que se comece a fazer mais eventos semelhantes de Apoio e Aconselhamento o mais rápido possível, porquanto o trabalhadores não estão pedindo favores, mas que se lhes faça JUSTIÇA! A LUTA CONTINUA! NÃO ABDICAMOS! Solidário & Cooperantes, F. Gonçalves da Silva Relações Públicas da Federação Lusófona

  • Deixe um comentário